Home
UFCG
Universidade Federal de Campina Grande
CEEI
Centro de Engenharia Elétrica e Informática
DEE
Departamento de engenharia Elétrica

Laboratório de Automação Industrial

Principais Atividades






Descrição do laboratório

O Laboratório de Automação Industrial do LIEC está situado no térreo do edifício na sala 119 e conta com equipamentos de pesquisa das principais fábricas do ramo(Siemens, Emerson, etc) além dos produzidos no próprio laboratório.

Com a Planta Piloto 1 os alunos e pesquisadores podem realizar experimentos nas áreas de controle de nível e vazão pois esta conta com além de Controladores Lógicos Programáveis (CLPs), sensores, atuadores e um sistema de tanques acoplados com configuração flexível - SISO, TITO, Cascata.

A Planta tem objetivo didático cujos pesquisadores podem não somente observar os processos mas também manipulá-los. A estruturação destes processos procuram simular características reais em um ambiente industrial com recursos de alta tecnologia.

Esta planta foi desenvolvida no próprio laboratório pelos professores, alunos da pós-graduação e graduação e conta com uma estação de monitoramento e controle composta por um microcomputador e um software de supervisão que efetua a aquisição dos dados e apresenta na tela por meio de números e gráficos. Por meio deste software, parâmetros internos podem ser modificados de acordo com a intenção de trabalho do operador, podendo este realizar diversos tipos de controle em diversas malhas.

O laboratório conta ainda com uma Planta Piloto 2 com objetivos semelhantes aos da planta 1. Porém esta foi desenvolvida pela Smar e trazida para o laboratório com recursos dos parceiros do laboratório. Com esta planta pode-se realizar o controle de pressão, temperatura e nível.

O laboratório possui um CLP Triplo Redundante TRIDENT da Triconex Invensys para análise e avaliação de confiabilidade em arquiteturas redundantes. Algumas das características deste CLP são listadas a seguir:

- Alto desempenho: Com um poderoso Motorola MPC860 PowerQUICC™ Quad Integrated Communication Processors que integra 2 blocos de processamento que permite uma execução em cerca de 10 milisegundos;

- Diagnósticos: High-Level Data Link Control (HDLC) nos módulos de entrada/saída resultam em 99,9% no diagnóstico de cobertura;

- Arquitetura: Otimizado para sistemas menores suportando toda arquitetura TMR para sistemas com capacidade abaixo de 48 pontos;

- Entre outras características.

Fotos

foto foto foto